Fazenda de energia eólica vai armazenar vento em rochas

010115071008-vento-em-rochas-1.jpg

Sempre que se fala de energia solar ou energia eólica, o primeiro empecilho que se coloca é que uma rede de geração de energia “de verdade” não poderia ser dependente dessas fontes porque elas não seriam confiáveis. Afinal, um gerador eólica só iria produzir energia quando estivesse ventando, assim como um conjunto de painéis solares só iria produzir eletricidade durante o dia e em dias não nublados.

Falsos argumentos

Esses argumentos, contudo, não têm nenhum fundamento científico e “se esquecem” de um detalhe crucial: é possível armazenar energia. Baterias, supercapacitores, flywheels são alternativas bem conhecidas quando se trata de armazenar energia elétrica.

Mas agora, um consórcio de empresas dos Estados Unidos, reunidas no Iowa Stored Energy Park, foi muito além e vai armazenar o próprio vento, que será utilizado para gerar energia quando for necessário. Ou, mais especificamente, nos momentos de pico de demanda, quando a energia é mais cara e pode oferecer um maior faturamento para o grupo.

Armazenando o vento em rochas

A maioria das fazendas de geração de energia eólica passa por períodos nos quais o vento é mais forte do que o necessário, principalmente à noite. Essa energia extra será utilizada para alimentar enormes compressores de ar, que enviarão o ar comprimido por meio de um túnel para uma camada de arenito localizada a cerca de 1.000 metros de profundidade.

O arenito é uma rocha extremamente porosa e, a essa profundidade, fica encharcado de água. O ar sob pressão ficará armazenado nesses poros, expulsando a água. O arenito fica localizado entre camadas de argila, que funcionam como um lacre que não deixa o ar escapar. Nos momentos de pico de demanda, quando mais energia é necessária, o ar comprimido nessas rochas profundas será então redirecionado para a superfície, sendo utilizado para gerar eletricidade.

A usina não é inteiramente movida pela energia do vento. Ela é na verdade uma usina híbrida, que utiliza energia eólica e uma turbina movida a gás natural. O ar-comprimido consegue elevar o rendimento da turbina em até 60%. A usina deverá entrar em operação em 2011.

Inovação Tecnológica (Brasil)

30 comments

  1. sou eletrotécnico e pretendo adquerir mais informação sobre o produto.

  2. No meu bairro venta muito. Minha casa fica no alto, a uns 30m de altura do nível da rua e uns 500m do nível do mar e eu queria aproveitar este vento para que fosse transformado em energia elétrica. Como posso fazer para conseguir o material necessário? Qual seria o custo e as empresas que podem me dar suporte técnico para este projeto?

  3. Gostaria de sabe sobre tecnicas eolicas.

  4. voces precisam colocar como funsiona a energia eolica

  5. fernando

    Gostaria de saber mais sobre este assunto.. Estou ligado com as energias renovaveis, e conheco varios sistemas para o fim de produzir electricidade e não só… mas como este nunca tinha ouvido falar. “fiquei de boca aberta”
    como e posivel fazer a instalação de sensores de temperatura a mil metros? e como se sabe que naquela zona existe arenito…

  6. Estamos a fazer um trabalho na escola sobre o assumto, e gostariamos de saber a legenda da imagem assima.
    Obrigado

  7. A minha casa fica num sitio em que o vento é bastente forte no verão e um pouco umida no inverno,a casa é rasteira e tem uma placa por baixo cerca de 50 cm do solo, tem tubos para meter aragem para baixo dela, mas penso que não é o suficiente ,queria uma ideia para a arejar com mai mas que não ficasse muito dispendioso.

  8. Carlos Augusto Paiva

    Eu e meu grupo estamos realizando um trabalho p/ ser apresentado na Faculdade(EngªMecânica)e pretendemos mostrar as tecnicas,montagem,funcio-namento e a total importância de se poder econo-mizar energia. Visando esclarecer aos colegas e Mestres ainda mais este tema,faremos apresentação dos temas abordados que são: Energia Eólica e Solar – Energias do Futuro

  9. Grupo Cabral

    Somos um grupo de usineiros e estamos procurandu um novo negocio, alguma coisa de energia renovavel, gostaria de ter mais informações sobra turbinas eolicas…preços…potencias…como e feito a manutenção…tudo mesmo.
    Obrigado Pela atenção!
    Abraço!

  10. thamires

    pq ñ colocan explicando c/ funcionam o armazenamento de energia produzida pela energia eólica!!!!

  11. Julgo que o melhor será fazerem uma visita ao meu website http://www.tecnologiassinergeticas.com ,dado que, no mesmo, existe, na forma de informação preliminar, do que são processos de acumular energias na forma de Ar comprimido.
    damas

  12. DOuglas Denis Kanzler

    Preciso mais sobre esse assunto, pois preciso apresentar um trabalho em relaçao a isso.
    agradeço desde já

  13. Maria Carolina

    Olá, sou acadêmica de Biologia e gostaria de saber para onde vai a água contida nos poros, agora, ocupados pelo ar.
    Obrigada

  14. Ester

    Qual é o custo para quem mora num lugar q se venta mto e q qr utilizar essa energia?

  15. Bea

    eu gostaria que a legenda daimagem tivesse uma explicação

  16. Pingback: Os números de 2010 « Energias Renováveis

  17. Cidinha, não se estoca vento e sim ar. A tecnologia existe e é usada na Alemanha e no Alabama (EUA). Entre tantas coisas para se fazer energia no nosso país, usamos sempre a mais barata e mais fácil de desviar grana q é a construção civil. Mas se o país tivesse investido nesta última década em Usina Eólicas, já teríamos superado em muito a crise energética. E se isto tivesse acontecido, não teríamos nenhuma Usina Eólica aqui com acondicionamento (não estocagem) de ar comprimido (não vento, q seria um fenômeno atmosférico de deslocamento livre da atmosfera). Porque? Porque teríamos q usar áreas do subsolo com porosidade suficiente para tal. Nas 2 únicas usinas destas q existem no mundo, uma estoca em cavernas (tuneis) de carvão (Alemanha) a outra em solo salínico (sem água). Aqui no nosso país, onde é berço da água mundial, imagine colocar Ar comprimido, não vento, no subsolo pra depois girar as turbinas quando for necessário uma maior demanda! Imagine agora q para guardar este Ar, teremos q retirar a água. Aqui no Brasil, água no subsolo temos de mais e chamamos de aquíferos, O maior aquífero do mundo, está sobre nós agora, o Aquífero Guarani, q é o berço de todas as nossas nascentes do país na região sudeste até o pantanal. Imagine a seca q se dará se acabarmos com este patrimônio natural para simplesmente guardar Ar comprimido para girar turbinas?? Para se ter ideia, imagine a área no subsolo q vai daqui Divinopolis Mg até Itaúna. É o tamanho da área de uma destas usinas. Se guardamos ar sobre o solo aq, todas as nascentes iriam dar uma bela acelerada e se movimentar para os leitos dos rios e córregos voltando a fluir turbinantemente… mas, num determinado momento depois de meses, todas iriam começar a secar devido a não terem mais o fluxo natural já q o espaço estaria tomado por ar. Agora imagine sobre todos estes estados? Se for para desenvolver a tecnologia aqui, se funcionar mesmo devido ao tipo de solo e o q temos nele, se for, vai ser uma catástrofe nacional com o findamento de todo o estoque de água subterrâneo nacional de nosso Aquífero. Viraríamos desertos rapidinho. Valeria a pena “estocar ar” ? Isto na imaginação de q iria dar certo, que o solo não se romperia em deslocamentos subterrâneos como no nordeste com terremotos regionalizados porque iria virar uma bolsa de ar q sendo esvaziada, poderia desmoronar! Agora pense outra coisa… se nas represas a água sempre jorra, e muitas dela é desviada na barragem para q o rio não seque e flua, e quando à chuvas elas são até liberadas por comportas; Se isto acontece é porque não dá pra estocar água nas represas sem ter q liberar uma quantidade. Para a usina eólica, tb não tem q pensar q parte do vento se “perde” indo embora no Vento do dia ou da noite… o precisaria é de mais transformadores e baterias para acumular, estocar, energia… Mas pq o país não coloca sobre cada morro de mais de 1000m uma usina Eólica? Pq as torres são definidas e dá pra se contar e comprovar qto foi gasto nas construções, o q não é possível fazer para conferir qto de ferro, areia, cimento etc na construção das barragens. Não dá para desviar muito dinheiro e conferir na construção o q se fez. Daí não é viável? Ou não é aconcelhavel p quem gosta de corrupção? Nosso país e fera nisto! E para terminar: Não tem como estocar vento… foi mais uma fala grotesca de nosso representante q faz os europeus rirem e agora o povo tb q cansou! Dá para se colocar Ar comprimido, assim como se faz com os extintores mas em grandes áreas subterrâneas…. mas tem que ser numa região salínica ou desértica, ou talvez pudessem guardar até mesmo nos bolsões de petróleo q se esvaziam… mas não dá pra retirar a água do solo poroso p se colocar ar nele. É daí q se ri desta pessoa q atropela tudo como se não fosse uma representante nacional q tupica nas palavras qdo abre a boca… e o povo ri mesmo. A gente ri de nós qdo erramos as falas nas festas, imagine qdo se tupica nos grandes encontros políticos…

  18. ANDRE F BATISTA

    E porque não fazer logo a energia e armazenar a energia? Tão simples.

  19. Adriano

    Sr. Heber Cristiano Fonseca, lembremos que a Presidente foi Ministra das Minas e Energia, e portanto deve estar mais inteirada sobre assuntos técnicos e modernos deste tema. Trocar a denominação “ar comprimido” por “vento”, não é necessariamente um erro, quiça uma imprecisão justificável, senão vejamos: Fazendo uma analogia extensa, o “ar comprimido acondicionado” (ou estocado, sim!), equivaleria ao armazenamento de uma energia mecânica, advinda do ar em livre movimento (vento), que resultaria, no momento oportuno, novamente em “ar em livre movimento” (vento). Logo, muito mais fácil exprimir a ideia como estoque de vento, do que ficar explicando toda essa dinâmica técnica para um público que passa longe de ser especialista no assunto. Como o assunto estava em pauta, necessário se fez a explanação de uma maneira mais clara, que desse a ideia do armazenamento de ar (ou de energia eólica) por via de seu próprio movimento. Agora, se isso é viável no Brasil ou não, é por conta de se ter ou não rochas porosas, é outra história. Não é à toa que ela afirmou que ainda não temos uma tecnologia satisfatória nessa área. Cara um entende como quer. Existe o espectador que está de boa fé e entende como foi dito, e existe aquele de má fé, que distorce a ideia para fazer ‘piada’. Pessoas inteligentes falam de projetos, pessoas comuns falam de coisas, pessoas ignorantes falam de pessoas.

  20. jeferson igor

    Quais as consequências da retirada da água desse arenito para o meio ambiente? Para aonde irá essa água?

  21. Deixem essa asneira morrer, por favor! Ainda que se coloque pressão em rochas através de compressores, nada tem a ver com estocar vento! FÍSICA, AJUDE ESSAS PESSOAS< POR FAVOR!!!!

  22. Adil Maan Tah

    Gente, cai na real. A figura que falou isso é uma anta, e aí ficam uns babacas defendendo o indefensável. É phoda ter que ouvir uns imbecis defendendo isso. Só podem ser tão antas quanto a representante deles.

  23. Odeiopetista13

    Caros Senhores. Quando acho que não me surpreenderia mais com a ignorância humana vem um eleitor da dilma e me dá essa alegria. Vamos lá, essa reportagem é bem antiga caso as criaturas descerebradas não perceberam este fato. Pergunta por que será que não foi para frente? Resposta: Óbvio, porque não tem nenhum nexo, como a sua Presidanta. Citaram que a presidanta tem um conhecimento técnico avançado pois foi ministra de Minas e Energia, concordo!! Fizemos uma compra excelente em Passadina nessa época com a assinatura da sua Excelência. Mas se a Dilma quer mesmo estocar vento, seguem algumas sugestões rápidas e inteligentes. Encher um balão ou comer bastante batatas doces.

  24. Adriano

    Ao senhor de nome “Odeioperista13”. (nome lindo!)… Tanto não deu certo, que existem duas usinas experimentais em funcionamento. Uma nos EUA, outra na Alemanha. Google it., você pode!

  25. paulo sanito freitas

    “estocar vento” expressão usada em 2007. somente comentarios técnicos sobre o assunto. Porque que ninguém comentou na época, esta expressão ” rídícuyla ” só agora em 2015. Me engana que eu gosto.

  26. Victor Marcelino

    A Dilma costuma estocar vento na cabeça, no lugar do cérebro.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: