Estatísticas Rápidas

Petróleo, Gás Natural e Carvão – Estatísticas Rápidas – Agosto 2007

De acordo com os dados provisórios que seguidamente se apresentam, no período de 12 meses terminado em Agosto de 2007, em comparação com o ano móvel homólogo anterior, o consumo dos principais combustíveis registou um decréscimo de 7,4%, ligeiramente superior ao que se verificou nos 4 meses anteriores. Para esta evolução foi determinante o comportamento do consumo do gás natural que decresceu 6,3% e o consumo do carvão que diminuiu 13,9%. No consumo dos produtos derivados do petróleo, embora tenha baixado 5,6% neste período, tem-se notado uma ligeira melhoria.

No consumo dos combustíveis rodoviários, embora tendo baixado 1,2% relativamente ao período homólogo anterior, mantém-se a tendência já referida anteriormente de alguma recuperação no ano em curso. O consumo do gasóleo rodoviário teve, neste período, um decréscimo de 0,2%, enquanto que o consumo das gasolinas desceu 4,9% e o consumo de gás auto desceu 1,9%. Os consumos das gasolinas sem chumbo 95 e 98 decresceram, respectivamente, 1,6% e 18,2%, denotando, no entanto, no período em apreço um ritmo de decrescimento menor. Na evolução da gasolina aditivada mantém-se uma grande quebra ( 75,8% ).

Neste período, o consumo do gasóleo colorido destinado a aquecimento registou um decréscimo de 5,8% e o gasóleo colorido não destinado a aquecimento teve uma baixa no consumo de 4,8%.

Download (PDF)

Renováveis – Estatísticas Rápidas – Agosto 2007

O total da potência instalada renovável atingiu 7 284 MW, no final de Agosto de 2007.
O aumento de potência, relativamente a Julho, verificou-se na potência instalada eólica, tendo, também, entrado em funcionamento uma nova central a biogás.

A produção total de energia eléctrica, a partir de FER, cresceu 41% de Janeiro a Agosto de 2007, relativamente a igual período de 2006. No mês de Agosto, a produção hídrica cresceu 48%, relativamente à verificada no mês homólogo do ano anterior, devido, essencialmente, ao aumento de produção registado nas bacias do Douro (+57%), Cávado (+47%) e Tejo (+32%).

A produção eólica, de Janeiro a Agosto de 2007, cresceu 66% relativamente a igual período de 2006. Em Agosto a produção foi 48% superior à registada no mês homólogo do ano anterior.

Download (PDF)

Fonte: DGEG

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: