EDP espera obter 10 M€ com venda de direitos C02 no Brasil

O grupo EDP-Energias de Portugal espera receitas adicionais de cerca de 10 milhões de euros até 2012 com a venda de um milhão de toneladas de dióxido de carbono (C02) evitadas com projectos no Brasil, anunciou hoje a empresa.

A Energias do Brasil, empresa do grupo Energias de Portugal, criou o Instituto Energias do Brasil (IENBR) para desenvolver e coordenar as ações ambientais e sócio-culturais da «holding» e das suas controladas.

O instituto vai consolidar e dar visibilidade a toda a estratégia de sustentabilidade empresarial do grupo e permitirá ainda originar receitas através dos créditos de carbono gerados a partir de projectos de MDL (Mecanismo de Desenvolvimento Limpo), no âmbito do Protocolo de Quioto.

«Até 2012, o grupo espera ter receitas adicionais de cerca de 10 milhões de euros oriundas da venda de 1 milhão de toneladas de CO2 evitadas por projectos como as PCHs (Pequenas Centrais Hídricas) de São João, Paraíso e Santa Fé, a quarta máquina de Mascarenhas e a linha de transmissão de Porto Murtinho», refere o comunicado.

«Com o ineditismo da nossa iniciativa de canalizar os recursos obtidos com a venda dos créditos de carbono, esperamos consolidar o conceito de sustentabilidade no grupo Energias do Brasil», afirmou António Mexia, presidente-executivo da EDP e presidente do Conselho Deliberativo do IENBR.

Dinheiro Digital

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: