Super turbina eólica utiliza levitação magnética para produzir até 1 GW

010115071130-maglev1.jpg

A energia eólica é vista de forma muito simpática por todos aqueles que se preocupam com o meio ambiente. Os especialistas em energia, contudo, afirmam que a eletricidade produzida pelo vento necessitará de mais tecnologia e menos custos se quiser entrar para valer como uma fonte de geração definitiva.

Turbina com levitação magnética

Nesta semana, a empresa MagLev apresentou na China aquela que poderá ser a solução tecnológica que faltava para a viabilização econômica da energia eólica. Com um design totalmente diferente dos tradicionais cataventos, a turbina MagLev utiliza levitação magnética para oferecer um desempenho muito superior em relação às turbinas tradicionais.

As pás verticais da turbina de vento são suspensas no ar acima da base do equipamento. Ao invés se sustentarem e de girarem sobre rolamentos, essas pás ficam suspensas, sem contato com outras partes mecânicas – e, portanto, podem girar sem atrito, o que aumenta exponencialmente seu rendimento.

Ímãs de neodímio

A turbina utiliza ímãs permanentes, e não eletroímãs, que poderiam diminuir seu rendimento líquido, já que uma parte da energia gerada seria gasta para manter esses eletroímãs em funcionamento.

Os magnetos permanentes são feitos de neodímio – um elemento contido no mineral conhecido como terras-raras, – largamente utilizado na fabricação de discos rígidos para computadores. Além de aumentar o rendimento, os ímãs diminuem os custos de manutenção da turbina, que dispensa lubrificação e as constantes trocas dos rolamentos.

Viabilização econômica da energia eólica

Segundo a empresa, a turbina MagLev consegue gerar energia a partir de brisas de apenas 1,5 metros por segundo e consegue suportar até vendavais de até 40 metros por segundo – o equivalente a 144 km/h.

As maiores turbinas eólicas atuais geram 5 MW de potência. Já uma única MagLev gigantesca poderia gerar 1 GW, suficiente para abastecer 750.000 residências. Isso acontece porque a nova turbina pode ser construída em dimensões muito grandes, o que não acontece com os tradicionais cataventos.

Segundo a empresa, a nova turbina gera 20% a mais de energia em relação à turbinas convencionais e tem um custo de manutenção 50% menor. Ainda segundo as estimativas do seu fabricante, uma super-turbina eólica que utiliza levitação magnética poderá funcionar continuamente por… 500 anos.

Inovação Tecnológica (Brasil)

10 comments

  1. Muito boa notícia, ficamos deveras espantados e interessados com essa nova invenção. Gostariamos de saber todas as informações acerca desta nova máquina. Qualquer informação ou troca de ideias que queiram (alguem) fazer em relação às energias renováveis é só mandar um mail:
    theawesomestuff@hotmail.com
    ou ir ao site:
    http://theawesomestuff.blogspot.com/

    Obrigado!

  2. Nossa é forte a tecnologia, como faça para receber mais informações e estou interessado em trazer esse empreendimento para o Brasil. É possivel? Agradeço vossa atenção

  3. Eu acho uma otima alternativa na evuluçõa em e enrgia e gostaria de saber tudo sobre ela e como comprae

  4. Tecnologia que gostaria de receber maiores informações, pois acredito que sera uma das fontes energética, que é passivel de ser utilisada pela humanidade sem agredir o meio ambiente e que esta a nossa disposição de uma forma inesgotável.

  5. Euler Luther Walkan

    Merece uma análise seria sobre esse projeto pois poderiamos substituir aqui no Brasil A usinas nucleares pelas super-turnibas eólicas. Vamos fazer
    campanhas rsrs.
    QUEREMOS MAGLEV QUEREMOS MAGLEV
    Compra uma e aprendemos a faze-las rsrs

  6. esse site é muito bom parabéns

  7. amauri rauber

    Achei muito interessante o assunto das turbinas verticais, principalmente a sua levitação magnetica, gostaria de saber se existe sistemas para instalaçao em areas urbanas edificios e torres

  8. Albino Rocha Fernandes

    E muito bom se fore uma realidade,peço a quem tenha informações que possa fornecer-me, sobre a turbina vertical MagLev
    para o e-mail albino.f@sapo.pt

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: