Sistema de Registo de Microprodução (Adiamento)

Tendo em vista a implementação do DL nº 363/2007, de 2 de Novembro, foram aprovadas diversas medidas que, concretizando as disposições daquele diploma, permitem aos promotores prepararem-se para poder efectuar o seu registo no SRM – Sistema de Registo de Microprodução.

Face ao elevado interesse que o processo relativo à microprodução tem conhecido e por forma a garantir a plena operacionalidade do site www.renovaveisnahora.pt para um grande afluxo de pedidos, informa-se que foi decidido adiar a data prevista para o início do processo de registo de 27 do corrente mês para a última semana de Março, em data que será fixada proximamente no site da DGEG.

7 comments

  1. Serafim de Araujo Leite

    então como é andamos sempre adiar o registo

  2. Esteves

    Alquem já consegiu entrar no site?

  3. Na Energlobo tratamos do seu registo, sem quaisquer compromissos da sua parte.
    Visite http://www.energlobo.pt

  4. Cláudi Andrade

    É sempre a mesma coisa. Nunca se consegue fazer a inscrição no SRM.
    é muito frustrante estar tantas horas frente ao computador para no fim acabar por “morrer na praia”!!!
    Sinceramente

  5. zeze

    Já ando a tentar ser microprodutor de energia desde 2008 e ainda nem consegui o pré-registo. Assim tenho de desistir definitivamente. O que me aconselha fazer??

  6. zeze

    Assim sendo, podemos concluir que é sempre mais económico à EDP comprar lá fora e vender cá dentro, pois não tem concorrentes para obrigar a EDP a baixar preços e lucrar menos…
    Assim até é fácil ter lucros para distribuir pelos mesmos de sempre, até porque os mesmos não estão interessados em abrir mais a porta, para os outros. Eu até posso fazer uma comparação com o regime de Salazar. Enquanto os oficiais da tropa até determinada altura vinham da alta burguesia, ninguém conspirava na guerra do Ultramar. Quando passou a ser necessários mais capitães prá gurra, tiveram de abrir as academias aos que eram provenientes do povo que vivia com algumas dificuladaes económicas, e foram esses que se revoltaram pra fazer o 25 de Abril. Agora com a energia é a mesma coisa. Só muda quando a EDP for obrigada a abrir as portas a toda a gente…

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: